• Slide 3
  • Slide 1
  • Slide 2
  • Slide 4
  • Slide 5

XVII Capítulo Geral

Dia 24 de Julho

O XVII Capítulo Geral da Congregação das Servas Franciscanas Reparadoras entrava no XVII Domingo do Tempo Comum, para nova etapa de trabalho.
A missa votiva do Espírito Santo, iniciada pelas 8.00 horas foi presidida pelo Sr. Bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro. Na homilia, o Prelado referiu-se a este momento como uma “epiclese”, ou seja a invocação imperativa do Espírito Santo sobre a docilidade daquelas que vivem este momento forte de interpelação. Deixou às Irmãs algumas perguntas sobre como ser fiéis e fazer viver o seu carisma no hoje da história, sob a acçao do Espírito Santo. Disse que “o carisma continua vivo se tiver a resposta dos que o vivem e testemunham para que outros o possam seguir”.
Referiu-se ao Carisma deste Instituto vincando a sua harmonia intrínseca entre a contemplação e a vida porque nasce da reparação. E “reparar é dar a nossa colaboração Àquele que é a fonte do amor” Aquele que quis precisar de nós, dando-nos um encargo: “Ide e fazei discípulos”. A missão torna-se assim um imperativo e reclama a necessidade de adaptar as estruturas à docilidade ao Espírito Santo. Falou da adoração Eucarística como algo de muito forte na Igreja, redescoberto, e fonte viva de espiritualidade e conversão.
Congratulou-se por ter esta oportunidade única de estar com as Irmãs capitulares, que não poderá repetir, por causa de outros compromissos pastorais entre os quais salientou a participação na Jornada da Juventude e a conclusão da visita pastoral à diocese, que ocorre no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, em Vila Flor. A este respeito revelou a forte ligação deste santuário com o Fundador da Congregação, D. Abílio Vaz das Neves. E porque, disse o Sr. Bispo, “não se evangeliza sem o Evangelho”, fez a sua oferta simbólica, para cada uma das Capitulares, do Evangelho segundo S. Lucas.
Com um tema baseado no título “Caminhos de esperança na vida consagrada”, a manhã continuou orientada pelo Sr. Pe. Abílio Pina Ribeiro, CMF que assessorará este Capítulo. Em palavras embebidas de simplicidade e experiência, lançou com as Irmãs um olhar radiográfico sobre a Vida Consagrada na actualidade, fazendo o confronto com as suas origens e com o que hoje lhe é pedido, tendo como pano de fundo a Palavra de Deus, os Documentos da Igreja e os anseios dos homens e mulheres nossos contemporâneos. Deixou às Irmãs algumas interpelações ao nível da fidelidade pessoal e comunitária à vocação. A manhã culminou com um tempo de adoração Eucarística.
Da parte de tarde, já na sala capitular iniciaram-se os trabalhos com a invocação do Espírito Santo mediante o cântico Veni Creator Spiritus. Foi feita a chamada das capitulares e a Superiora Geral tomou a palavra para declarar aberto o Capítulo Geral e dirigir uma mensagem sobre este Capítulo como “uma hora de fidelidade de cada Irmã e de entusiasmo no acolhimento do dom da vocação”. Saudou cada uma das Irmãs, mesmo as que ficaram nas comunidades e o Sr. Pe. Pina Ribeiro pela disponibilidade em acompanhar este momento da vida da Congregação. Referiu-se ao tema do Capítulo “Reparadoras e Mensageiras da Alegria do Evangelho” lançando alguns reptos de reflexão para estes dias. A sua palavra culminou com uma oração à Rainha do Céu e dos Homens, feita em uníssono por todas as Capitulares. Seguiu-se a aprovação do horário e do regulamento do Capítulo. Foi ainda feita a distribuição de cargos e serviços que durante esta semana se revelam necessários para que tudo decorra com ordem e harmonia.
O Sr. Pe. Pina Ribeiro fez mais algumas exortações às Irmãs referindo que o Capítulo não vale só pelas decisões que as Irmãs tomarem, mas pela atitude que levarem para as comunidades. Lembrou às Irmãs o princípio de S. Francisco de Sales: entregar o passado à misericórdia de Deus, o presente à fidelidade e o futuro à providência de Deus.
A oração de Vésperas foi o momento de louvor da tarde. Depois do jantar houve ainda tempo para um novo louvor, ajudado por uma apresentação preparada pela Superiora Geral, sobre a presença da Congregação em Moçambique.


Newsletter

Receba as nossas novidades.
Subscreva a nossa Newsletter:

© 2013 SFRJS Todos os direitos reservados