• Slide 3
  • Slide 1
  • Slide 2
  • Slide 4
  • Slide 5

XVII Capítulo Geral

Celebração de Maria, celebração da vocação

No da 15 de Agosto de 2010 fazia sessenta anos em que foi proclamado o dogma da Assunção de Nossa Senhora ao Céu e também, dia em que D. Abílio Augusto Vaz das Neves erigiu canonicamente as Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado, como Congregação de Direito Diocesano.
Além da celebração desta festa mariana, associada ao seu aniversário, o dia 15 de Agosto é ainda importante para a esta Congregação, porque a maioria das Irmãs, foram, em anos sucessivos, fazendo neste dia a sua consagração ao Senhor.
Neste ano de 2010 foram cinco a recordar e a dar graças pelos cinquenta anos volvidos sobre a sua primeira profissão e uma os vinte e cinco. A celebração festiva realizou-se na paróquia de Macedo de Cavaleiros, com início às 11.30 na Igreja de Santa Maria Mãe da Igreja. Presentes muitas Irmãs da Congregação, familiares e amigos das festejadas e paroquianos de Macedo de Cavaleiros. A celebração foi presidida por Sua Ex.cia Rev.ma o Sr. D. António Montes Moreira, Bispo de Bragança-Miranda e concelebrada pelo pároco, Con. Manuel Inácio de Melo, o Pe. Alfredo Teixeira, OFM e o Pe. José Manuel Garcia Cordeiro.
De salientar que das cinco Irmãs a fazerem Bodas de Ouro, apenas uma, a Ir. Iria da Conceição Santos tem estado em Portugal e quatro estão em outros países a anunciar o Evangelho de Jesus: uma em Moçambique, a Ir. Anunciação Xavier e três no Brasil, as Irmãs Maria de Lurdes Garcia, Natália Ferreira e Assunta Rente. A isso mesmo fez referência o Pe. José Cordeiro na introdução à Eucaristia, fazendo notar a predominância do branco nos hábitos das Irmãs festejadas.
Foi a Ir. Ermelinda Teixeira quem fez as suas Bodas de Prata.
A seguir à celebração houve um almoço-convívio no Centro D. Abílio Vaz das Neves, na mesma cidade para confraternização de todos os participantes.
Sem dúvida que a recordação da fidelidade e do esforço por fazer o bem, por mandato de Jesus, concretizado ao longo dos anos por parte das Irmãs é motivo de acção de graças e estímulo para todo o povo de Deus e particularmente para aquelas que seguem Jesus e se entregam ao seu desígnio, através do carisma desta Congregação. Por isso, a nota dominante neste dia de celebração foi encontrada no solene hino da Igreja, o Te Deum: “Nós vos louvamos, ó Deus, nós vos bendizemos, Senhor!”

 

Newsletter

Receba as nossas novidades.
Subscreva a nossa Newsletter:

© 2013 SFRJS Todos os direitos reservados