• Slide 3
  • Slide 1
  • Slide 2
  • Slide 4
  • Slide 5

Faleceu a Ir. Casimira Anjo

Na tarde do dia 28 de Fevereiro de 2012, a notícia do falecimento da Ir. Casimira Anjo gerou uma onda de consternação, mas cuja vibração é também de ação de graças ao Deus da vida, pelo que a sua passagem pelo meio de nós deixa e representa.
A Irmã seguia de Miranda do Douro para Sendim, quando um brutal acidente, por despiste da viatura em que seguia, lhe colheu a vida, no cumprimento da sua missão.

Natural de Vale da Madre, concelho de Mogadouro, a Ir. Casimira (1945-2012) fez a sua profissão religiosa na Congregação das Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado no dia 2 de Fevereiro de 1967. Nesse mesmo ano e mês ficou na Comunidade de Santa Clara em Bragança. Aqui se dedicou ao serviço doméstico, ajuda às meninas do lar e catequese na paróquia da Sé.
Em Setembro de 1967 integrou a comunidade de Palmeira, Braga, tendo assumido o Jardim de Infância e ATL para as crianças dos arredores de Palmeira.
Trabalho semelhante assumiu desde Setembro de 1968 até Setembro do ano seguinte na comunidade de Mirandela. Para além do trabalho interno dedicava-se também, com as outras Irmãs, a visitar os presos e os doentes, estes no domicílio e no hospital. Fazia catequese paroquial e dedicava-se à animação litúrgica da celebração da Eucaristia Dominical em Golfeiras, onde também fazia catequese.
Em Setembro de 1969 regressou a Bragança, desta feita para o Lar da Imaculada onde permaneceu até fins de Agosto de 1972 dedicando-se especificamente ao serviço do Jardim de Infância com 50 crianças, além da catequese paroquial.
Sabendo da necessidade de uma irmã para Angola, ofereceu-se à Superiora Geral e esta enviou-a em missão, tendo embarcado em Setembro de 1972. Em Angola integrou a comunidade de Nova Sintra (Catabola), onde se dedicou ao ensino no 1º ciclo. Visitava os Kimbos, fazia catequese e Celebração da Palavra e o serviço interno com as meninas.
Em Setembro de 1975 regressou a Portugal integrando novamente a comunidade de Santa Clara, em Bragança com o trabalho no Jardim de Infância.
Desde 2 de Fevereiro de 1982 até ao ano de 1984 fez parte da primeira comunidade em Ligares que dava os primeiros passos no acolhimento de crianças em Jardim de Infância.
A 28 de Agosto de 1984 foi enviada para a creche de Braga iniciando o seu trabalho com uma turma de 29 crianças de 4 anos de idade.
No dia 29 de Agosto de 1992 integrou a comunidade de Macedo de Cavaleiros onde esteve até fins de Agosto de 1994, altura em que passou à comunidade de Nossa Senhora do Amparo - Mirandela até 28 de Agosto de 2001, trabalhando e orientando o Jardim de Infância e participando nas atividades paroquiais.
A 29 de Agosto de 2001 integrou a comunidade de S. Paio de Oleiros, encarregando-se da orientação da mesma e servindo nos trabalhos que lhe foram sendo pedidos. Em Setembro de 2004 integrou a comunidade de Ligares também como superiora.
No dia 2 de Setembro do ano seguinte começou a fazer parte da comunidade de Sendim, onde através da sua generosa disponibilidade, iniciou um trabalho diferente, ao serviço de crianças e jovens privadas de meio familiar normal.
A Ir. Casimira, pelo seu temperamento jovial, afável e disponível, deixou em quantos a conheceram a memória de uma alegria acesa no Evangelho e de uma esperança que nos encaminha para a Vida de Jesus que, acreditamos, agora tão plenamente a abraça.
Confiamo-la a esta Vida Ressuscitada!
O seu corpo fica em câmara ardente na Capela da Casa de Santa Clara (Casa do Arco), em Bragança.
Às 9.00 horas do dia 1 de Março de 2012, será celebrada Eucaristia de corpo presente na Capela da Casa do Arco, após a qual seguirá para a Igreja Paroquial de Vale da Madre (Mogadouro), e aí se celebrará o funeral, às 14.30 horas.

Newsletter

Receba as nossas novidades.
Subscreva a nossa Newsletter:

© 2013 SFRJS Todos os direitos reservados