• Slide 3
  • Slide 1
  • Slide 2
  • Slide 4
  • Slide 5
  • Slide 6

FALECEU a Ir. Helena Carolina de Amorim 1939-2019

A Ir. Helena Amorim, nasceu em Vila Nova Souto Del Rei- Lamego, a 11 de Junho de 1939.
Conheceu as Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado em Bragança, enquanto trabalhava nas “Casas do Povo”, como na altura eram denominadas as unidades locais de Segurança Social.
Foi admitida ao Postulantado desta Congregação a 19 de Março de 1977.

Após a primeira Profissão, feita a 15 de Agosto de 1979, a Ir. Helena ficou integrada na Comunidade do Lar de Nossa Senhora do Amparo, em Mirandela, no acompanhamento das jovens do Lar de estudantes. Em 21 de Outubro de 1980 foi-lhe entregue a responsabilidade da Livraria/Paramentaria de Bragança, Casa de Santa Clara, cargo que exerceu até 26 de Agosto de 1990.
No ano de 1990 foi indigitada para a nova comunidade a fundar na cidade de Dracena – Brasil (Estado de S. Paulo), tendo partido para o Brasil no dia 27 de Agosto de 1990. A nova fundação veio a efectuar-se a 13 de Setembro seguinte. Aqui desenvolveu um intenso trabalho como missionária.
Tendo regressado a Portugal, no ano de 1996, em Setembro a Ir. Helena Amorim é integrada na comunidade do Centro D. Abílio Vaz das Neves e fica a apoiar um grupo de jovens a frequentar um curso denominado “Operadoras de Serviços Sociais à Comunidade”. Fica encarregada de as orientar e acompanhar a tempo inteiro, coordenar os seus trabalhos, dar-lhes formação humana e ensinar-lhes bordados, costura e cozinha.
No ano de 2006 a Ir. Helena foi transferida para a Comunidade de S. Paio de Oleiros. E no ano seguinte, em Agosto de 2007 regressou a Macedo de Cavaleiros, desta vez para integrar a Comunidade da Casa de Nossa Senhora de Fátima, tendo sido nomeada Superiora desta.
Em Setembro de 2011 passou a integrar novamente a comunidade do Centro D. Abílio Vaz das Neves.
Faleceu na manhã do dia 20 de Outubro de 2019 vítima de um acidente provocado pela avaria do portão que dá para a rua pública. Ainda chegou com vida ao hospital de Macedo de Cavaleiros, mas não resistindo aos ferimentos profundos, veio a falecer minutos depois.
A Ir. Helena é recordada como uma pessoa de grande afabilidade. Sempre disponível e atenta no serviço aos outros. A sua boa disposição contagiante, sempre aflorando num sorriso luminoso, deixaram um forte rasto de simpatia, um perfume da bondade de Deus.

Newsletter

Receba as nossas novidades.
Subscreva a nossa Newsletter:

© 2013 SFRJS Todos os direitos reservados