• Slide 3
  • Slide 1
  • Slide 2
  • Slide 4
  • Slide 5

A força de um Sim


A Rita Diegues tem vinte anos e é natural de Bragança. O trabalho dedicado na catequese no Centro catequético da Sé, deu-lhe oportunidade de ter uma estreita convivência com as Irmãs da Congregação das Servas Franciscanas Reparadoras. E esta convivência, muito cúmplice, trouxe-lhe um conhecimento mais próximo de Jesus Cristo e o seu apelo para um seguimento de mais perto. Fez parte do grupo de jovens da Juventude Eucarística Franciscana em Bragança e participou no dinamismo da pastoral juvenil da Congregação. Desde Setembro de 2017 iniciou uma caminhada mais explícita de discernimento vocacional que no final do ano lectivo de 2017-2018 se expressou em desejo de dar mais um passo no conhecimento do carisma desta Congregação e o pedido a fazer uma experiência de vida comunitária.

No dia 8 de Setembro, dia em que a Igreja celebra a festa da Natividade de Nossa Senhora, a Rita foi admitida ao Postulantado numa celebração muito simples, mas carregada de sentido e intensidade. Foi integrada numa celebração de Vésperas, na Casa de Nossa Senhora de Fátima, em Macedo de Cavaleiros, casa de formação da Congregação em Portugal.
A proclamação das leituras sobre a vocação de Abraão e a vocação de Maria e o salmo 39 (Eu venho, Senhor, para fazer a vossa vontade), propiciou à Superiora Geral uma breve alocução à Rita e a todas as que respondemos ao convite do Senhor, a exemplo de Abraão, de Maria e de tantos homens e mulheres ao longo da história.
A coragem para uma jovem levar a sério a palavra do Evangelho: “Vem e segue-Me!” é uma autêntica graça, um milagre do Espírito. Por isso regozijamo-nos com este passo que abre caminhos inesperados de fecundidade e de força profética, na actualidade do carisma das Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado.


Newsletter

Receba as nossas novidades.
Subscreva a nossa Newsletter:

© 2013 SFRJS Todos os direitos reservados