• Slide 3
  • Slide 1
  • Slide 2
  • Slide 4
  • Slide 5

Admissão ao Noviciado

Sentir Maria é reencontrarmos a razão única do nosso caminhar. O Sim de Maria trouxe-nos com extrema, unção, amor e delicadeza Jesus, o Salvador, Aquele que é o motivo do seguimento, de todos aqueles que escutam com fidelidade o convite a segui-Lo como Mestre e Senhor. Ele disse aos que perguntavam: Onde moras? A resposta foi certeira e sábia: Vinde ver… Uma pedagogia vocacional simples, mas nada fácil de concretizar nos dias de hoje. O que temos para mostrar?

 

Sentimos que nas fragilidades quotidianas e humanas, Maria está, Jesus está. Ela como Mãe aponta metas seguras e convincentes para avançarmos sem medos, caminhando nas pegadas de Seu Filho Jesus. Ela pede-nos para levarmos Jesus ao mundo de hoje. Um mundo atrapalhado, sem convicções, sem valores. Maria é Estrela a apontar metas salvíficas que trazem ao coração humano caminhos de paz, de solidariedade e de amor.

A vida e serenidade de Maria surpreendem-nos, sempre, pela capacidade de escuta, contemplação, fé, e docilidade ao projeto que Deus tem para Ela. Somos Marianas de raiz carismática. Maria está bem presente na vida dos Fundadores e no cerne de toda a nossa vocação: Eucarística, Franciscana e Mariana. Somos servas à Sua imitação, temo-la como Mãe e Padroeira. Maria apresenta-nos a Sua vida para que como Ele saibamos viver de uma forma simples, humilde, silenciosa e contemplativa na escuta do Espírito Santo.

Experimentamos Maria na nossa vida e com Ela dia 8 de Dezembro de 2017 revivemos o nosso primeiro sim, o nosso primeiro amor, logo de manhã com a celebração da Eucaristia presidida pelo Custódio dos irmãos menores, Frei Amaral e o seu vigário Frei Henrique Bascones.

Todo o dia sentimos a presença de Maria em nós, nas mais pequenas coisas que iam surgindo e era necessário fazer. A oração da tarde revestiu-se de alegria e muita simplicidade. Cantamos as Glórias de Maria e com o Salmista exultamos de alegria, cantamos à Mãe do Amor Formoso, a honra da Igreja, a Virgem e Estrela da manhã. Exultamos com Maria Ela a honra do Seu povo.

Nesta ambiente feliz, a Carla, a Célia e a Fátima, pediram para experimentar a nossa forma de viver de uma maneira mais próxima, mais intensa de forma a descobrir a riqueza do Carisma e da Vida Fraterna, no NOVICIADO. Foram acolhidas pela Ir. Anunciação, a representante da Superiora Geral nesta parcela da Congregação. Com ela, também toda a comunidade entoou louvores a Maria pela coragem destas três jovens a iniciar um caminho novo, aquele que trará encanto, alegria, felicidade, mas também cruz e renúncia.

Vamos, afinal caminhar todas desta forma, pois a comunidade formadora vive também ela em noviciado contínuo, porque urge um testemunho credível, uma atenção constante à Palavra de Deus, uma fidelidade permanente à vida de oração e um acordar dentro de nós esse SIM dado à muitos, ou poucos anos.

Esperámos com ansiedade o tempo em que o Senhor nos enviará mais jovens para experimentar esta forma de vida tão nobre e bela na sua espiritualidade. São quatro as noviças e duas as postulantes. A fonte do Carisma não se esgota. A passagem dos anos é uma realidade, a juventude do Carisma aponta-nos portas e janelas abertas em África. Porque assim vai acontecendo, fiquemos incessantemente em oração diante Daquele que é o verdadeiro Formador, o Mestre e Senhor da Vocação, para que olhe para nós e nos envie aquelas que Ele achar por bem para O servir, Amar e Louvar em profunda Adoração e Reparação.

Ir. Glória Veloso

Newsletter

Receba as nossas novidades.
Subscreva a nossa Newsletter:

© 2013 SFRJS Todos os direitos reservados